Você está aqui: Página Inicial > Institucional > O INPI > Enapid 2017 > Notícias > Academia do INPI aponta foco de atuação para os próximos anos

Notícias

Academia do INPI aponta foco de atuação para os próximos anos

por última modificação: 19/09/2017 12h38
Exibir carrossel de imagens Rita Pinheiro Machado fez uma retrospectiva das edições anteriores e falou das metas futuras da Academia

Rita Pinheiro Machado fez uma retrospectiva das edições anteriores e falou das metas futuras da Academia

Professores atuantes na criação da Academia do INPI participaram do painel “Panorama dos 10 anos da primeira pós-graduação em PI no País”, no dia 19 de setembro, no X Encontro Acadêmico de Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento (Enapid). A coordenadora Rita Pinheiro Machado resgatou a linha do tempo de criação da unidade e as pessoas importantes nesse processo.

Ela apontou também o foco para os próximos anos, que é atuar na solução de problemas do INPI e na capacitação de servidores, criando parcerias com o corpo técnico e o Centro de Educação Corporativa.

Rita antecipou também que a Academia solicitou à Capes a migração do Doutorado da modalidade acadêmica para profissional, o que será mais adequado ao programa, uma vez que o INPI não é instituição de ensino e pesquisa.

Outra novidade é a ampliação da oferta do Curso Geral de Propriedade Intelectual à Distância, oferecido em parceria com a OMPI. Mais quatro cursos estão sendo negociados, voltados para patentes; redação de pedidos de patentes; marcas, desenhos industriais e indicações geográficas; e busca de informação tecnológica. A ideia é que cada curso forme mil pessoas por ano.

Eduardo Winter, atual coordenador substituto da pós-graduação, destacou que o programa do INPI ajudou a promover a ampliação das pesquisas e a criação de outros programas na área. O professor Araken Lima concordou que o INPI cumpriu a missão de disseminar discussões mais aprofundadas em PI, não apenas nas universidades.

– Formamos pessoas que hoje ocupam posições importantes nas empresas. Ao longo do tempo, a Academia do INPI comprovou que consegue dar também importantes contribuições para as políticas industrial e de inovação.

Para o futuro, Lima sugeriu a criação de uma incubadora de consultoria em PI e de produtos que podem ser entregues pelo Mestrado Profissional.

Fechando o painel, representantes dos alunos fizeram homenagem à Academia, destacando sua relevância para a formação de profissionais em PI.

Também foi homenageada a professora Karla Consort Ribeiro, falecida neste ano.

registrado em: ,