Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Semana da IG no Paraná: seis novos pedidos e entrega de certificado

Notícias

Semana da IG no Paraná: seis novos pedidos e entrega de certificado

por última modificação: 29/10/2015 12h50
Mister GC / Freedigitalphotos.net Certificado da DO de mel será entregue na sexta

Certificado da DO de mel será entregue na sexta

A Indicação Geográfica (IG) vem ganhando espaço no Brasil inteiro, mas, nesta semana, o Paraná vive um momento especial. Nos dias 27 a 29, seis pedidos do estado foram protocolados no INPI e na sexta-feira, dia 30, será entregue o certificado de uma Denominação de Origem paranaense.

Como reflexo do trabalho que vem sendo feito no Paraná, envolvendo instituições públicas, empresas e produtores, entraram no INPI, no dia 27, os seguintes pedidos de Indicação de Procedência (IP), uma das espécies da IG: Morretes, para cachaça; Litoral do Paraná, para serviço gastronômico do Barreado; Antonina, para bala; e Litoral do Paraná, para farinha de mandioca. No dia 28, foi a vez da IP Carlópolis, para goiaba, e, no dia 29, a IP Capanema para melaço e açúcar mascavo de cana-de-açúcar - esta foi o centésimo pedido de IG no Brasil.

Já no dia 30, será entregue uma Denominação de Origem (DO), já reconhecida pelo INPI: Ortigueira, para mel. O evento ocorrerá na cidade de Ortigueira, às 10h15.

Para a presidente da Associação dos Produtores Ortigueirenses de Mel (Apomel), Ana Mozuski Kutz, a Denominação de Origem fará uma diferença importante para os produtores:

- É como ganhar na loteria - comentou a produtora, que aposta nos benefícios do selo: - Agora, o produtor poderá exportar diretamente. Vamos agregar valor com o nosso mel, que é mais saboroso, orgânico e tem cor clara.

A associação tem 48 apicultores e produz cerca de 500 toneladas de mel por ano, tanto para o mercado brasileiro quanto para o exterior.