Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Presidente Temer destaca importância de agilizar exame de patentes

Notícias

Presidente Temer destaca importância de agilizar exame de patentes

por última modificação: 17/03/2017 14h48
Exibir carrossel de imagens Foto: José Paulo Lacerda/CNI

O Presidente da República, Michel Temer, afirmou que inovar tecnologicamente é desenvolver a indústria e o País. Neste contexto, o Presidente destacou que algumas patentes demoram dez anos para serem concedidas e, portanto, é preciso agilizar tal atividade. Para isso, já foram contratados 140 servidores para o INPI. As declarações foram dadas nesta sexta-feira, dia 17 de março, em reunião do Comitê de Líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), promovida pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Gilberto Kassab, o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, e o ministro interino da Fazenda, Eduardo Guardia, também participaram. Pelo INPI, estiveram presentes o diretor de patentes, Júlio César Moreira, o chefe de gabinete da Presidência, César Fava, e o coordenador de Relações Institucionais do INPI em São Paulo, Mauro Catharino. 

O evento discutiu os resultados da MEI em 2016 e as perspectivas para 2017, tema que foi apresentado por Pedro Wongtschowski, membro do conselho de Administração do Grupo Ultra. Ele abordou a relevância da propriedade industrial e destacou que o atraso na concessão de patentes no INPI é uma preocupação da indústria.

Neste campo da propriedade industrial, o presidente da CNI, Róbson Andrade, destacou a atuação do Governo em apoio ao INPI, com a contratação de examinadores, além da assinatura de acordos internacionais para realizar projetos piloto de PPH com o Japão e os Estados Unidos. 

Foram apresentadas ainda iniciativas específicas, que fazem parte da Agenda de Inserção Global via Inovação, como o Programa MEI de Aceleração em Inovação e Manufatura Avançada, em parceria com a Ohio State University. Esta apresentação foi feita por Ricardo Pelegrini, gerente geral da IBM América Latina. 

Por sua vez, a presidente do BNDES, Maria Sílvia Bastos Marques, abordou a nova política operacional do Banco, enquanto o vice-presidente da Embraer, Mauro Kern, apresentou as prioridades de inovação para o Brasil.

A reunião também marcou o lançamento do Edital de Inovação da Indústria (SENAI/SESI/SEBRAE), abordado pelo presidente da CNI, Róbson Andrade, bem como outras parcerias. 

Já o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos, discutiu parcerias para inovação em micro e pequenas empresas - neste tema, destaque para parceiros como a EMBRAPII e a CNI/IEL.