Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Olhar para o futuro

Notícias

Olhar para o futuro

Em posse do novo presidente, ministro garante apoio ao INPI
por última modificação: 20/08/2015 11h46
Fotos: Marcelo Chimento / INPI

O Brasil precisa de um ambiente de propriedade industrial (PI) que dialogue com o cenário internacional e promova a competitividade da indústria brasileira. Para isso, o INPI conta com o apoio do governo para responder de maneira adequada à demanda crescente por proteção de PI. Esta foi a mensagem do ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Armando Monteiro, na cerimônia de posse do novo presidente do INPI, Luiz Otávio Pimentel. A solenidade aconteceu no dia 11 de agosto, na Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro.
 

Ministro Armando Monteiro dá posse a Luiz Otávio Pimentel

Pimentel discursa durante evento na ESG

Na cerimônia de posse, novo presidente do INPI destaca
importância do Instituto para a inovação

 

Ao lado da ministra interina de Ciência, Tecnologia e Inovação, Emilia Mariane Silva Ribeiro, e do comandante da ESG, tenente-brigadeiro do ar Rafael Rodrigues Filho, o ministro do Desenvolvimento reconheceu que o Instituto tem um quadro de servidores altamente qualificado e que precisa ser ampliado para dar conta do volume de processos. Também contribuirão para melhorar o desempenho do Instituto medidas como otimização de processos e de recursos de tecnologia da informação, além da cooperação internacional.

Em seu discurso, o presidente do INPI, Luiz Otávio Pimentel, declarou que, desde a ideia até o mercado, o INPI tem papel fundamental. O Instituto deve cumprir esse papel ao disseminar a cultura PI, conferir proteção em tempo adequado e na gestão da informação tecnológica.

  
Ministro Armando Monteiro comenta possibilidades
para melhoria do desempenho operacional do INPI

 

Segundo Pimentel, o INPI é parte integrante das políticas industrial, de comércio exterior e de inovação, contribuindo para a competitividade e inserção internacional das empresas brasileiras por meio da proteção de PI. O grande desafio do Instituto é vencer a “doença” do backlog, uma batalha a ser travada conjuntamente por governo e servidores da casa. Buscando “trabalhar pelo Brasil”, o INPI manterá o foco na melhoria do desempenho, disse o presidente.

A cerimônia contou com a presença de representantes do governo, parlamentares, academia, justiça e entidades empresariais. Entre eles, estiveram presentes: o presidente do Inmetro, João Jornada; presidente da Apex-Brasil, David Barioni; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio (Firjan), Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira; o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, entre outros.