Você está aqui: Página Inicial > Notícias > INPI inicia segunda fase do PPH com o Japão

Notícias

INPI inicia segunda fase do PPH com o Japão

por última modificação: 01/04/2019 16h27

Entra em vigor nesta segunda, dia 1º de abril de 2019, a segunda fase do projeto piloto de exame compartilhado PPH entre o INPI e o Escritório Japonês de Patentes (JPO, na sigla em Inglês). A extensão do projeto piloto está prevista na Resolução nº 235/2019.

A nova fase do PPH com o Japão também tem validade de dois anos, com término em 31 de março de 2021, e prevê a participação de até 200 pedidos de patentes no PPH entre os dois países. A diferença está na extensão das áreas técnicas de análise pelo INPI. Enquanto a primeira fase estava restrita a pedidos de patentes relacionados à Tecnologia da Informação, a segunda engloba Química macromolecurar e Polímeros; Metalurgia; Agroquímicos; e Microorganismos e enzimas. Já o Japão continua aceitando solicitações em qualquer campo.

Entenda o PPH com o Japão

O projeto piloto de PPH com o Japão foi instituído no INPI com a Resolução nº 184/2017.

Pelo PPH, brasileiros podem usar o resultado do exame do pedido de patente no INPI para acelerar a análise no Japão. E também podem usar o resultado do exame do JPO para acelerar a análise no INPI. Basta emitir a Guia de Recolhimento da União (GRU) com a opção para entrar neste PPH com o Japão e, após o pagamento, preencher o formulário específico, disponível no sistema eletrônico do INPI.  

O INPI também dispõe de projetos pilotos de PPH com outros países. Para obter mais informações a respeito do PPH, acesse este link.