Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Goiaba de Carlópolis ganha indicação de procedência

Notícias

Goiaba de Carlópolis ganha indicação de procedência

por última modificação: 19/05/2016 18h59
Imagem: Free Digital Photos e Kornnphoto.

O INPI concedeu o registro de indicação geográfica, na espécie indicação de procedência (IP), para a goiaba de Carlópolis, região do Norte do Paraná onde a forte influência da colonização japonesa favoreceu a disseminação da cultura da fruta. A área geográfica delimitada corresponde aos municípios de Carlópolis e Ribeirão Claro, no estado do Paraná. O registro foi concedido para a Associação dos Olericultores e Fruticultores de Carlópolis (APC), que congrega 72 produtores dedicados a diferentes cultivos.

A goiaba da região é obtida por sistema de poda total, por meio do qual é possível produzir o ano todo. Outra técnica importante para a qualidade do produto é a forma de ensacamento dos frutos, quando estes atingem de 2 a 3 cm de diâmetro. Essa prática pode eliminar o uso de pesticidas no controle de insetos e pragas.

Carlópolis é o maior produtor de goiabas do Estado do Paraná e um dos maiores do Brasil. Segundo a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER) local, 390 hectares são usados para o cultivo de goiaba na área delimitada pela indicação de procedência e o potencial de produção é de 23 mil toneladas por ano, em condições normais de clima.