Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Com novo plano, INPI terá serviços 100% digitais

Notícias

Com novo plano, INPI terá serviços 100% digitais

por última modificação: 31/07/2019 17h00
Fonte: Freepik e kjpargeter

O INPI lançou nesta quarta-feira (31 de julho), em Brasília, o Plano PI Digital, que tem por objetivo ampliar e facilitar a prestação de serviços pela internet. A iniciativa é fruto de parceria com a Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade e a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, além da Secretaria Especial de Modernização do Estado.

O plano prevê 24 ações, que vão desburocratizar o atendimento ao cidadão ao implantar novos recursos de tecnologia da informação e comunicação. Entre as medidas, está a implantação do e-Chip, sistema on-line para a realização de pedidos de topografias de circuito integrado. Com isso, os serviços do INPI se tornarão 100% digitais.

Uma força-tarefa instituída pelo INPI trabalha para implantar os novos produtos digitais. Entre eles, destacam-se:

  • Ferramenta para que o usuário possa agendar, pela internet, atendimento presencial ou à distância;
  • Sistema de avaliação após o uso de cada serviço, via web e SMS;
  • Chatbot, programa que usa inteligência artificial para simular conversas e oferecer informações para o usuário;
  • Novo portal do INPI, desenhado a partir do comportamento do usuário;
  • Aplicativo de comunicados e notícias;
  • Login Único (Acesso Br), por meio da adesão à ferramenta da Secretaria de Governo Digital, pela qual é possível utilizar serviços públicos digitais com um único cadastro de usuário;
  • Meios digitais de pagamento, como cartão de crédito e débito, a partir de solução em desenvolvimento pela Secretaria de Governo Digital.

Com o Plano PI Digital, o INPI planeja adotar um novo modelo de interação com a sociedade, que preza pelo maior acesso à informação, pela abertura de dados e pela oferta de um ambiente virtual seguro para a prestação de serviços.

O Plano também converge com as ferramentas da Plataforma de Cidadania Digital do governo federal, que visa a ampliar e simplificar o acesso dos cidadãos brasileiros aos serviços públicos digitais, inclusive por meio de dispositivos móveis.