Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Com Doutorado Profissional aprovado, INPI discute política de capacitação para seleção

Notícias

Com Doutorado Profissional aprovado, INPI discute política de capacitação para seleção

por última modificação: 13/10/2017 11h36

O INPI recebeu da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) a autorização para que tenha, a partir de 2018, um Doutorado Profissional, e não mais Acadêmico.

Esta autorização faz parte das ações do Instituto para que sua Academia da Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento tenha foco cada vez mais voltado às pesquisas que apresentem resultados para o próprio Instituto.

Com base na aprovação do Doutorado Profissional, que se junta ao Mestrado Profissional já existente, e aos dados da avaliação quadrienal da Capes, que manteve o programa com nota 4 (numa escala que vai até 7), o INPI está revisando a missão e a visão, bem como a política de capacitação da Academia.

O objetivo da nova política de capacitação é definir iniciativas prioritárias com foco no fortalecimento da cooperação internacional, maior ênfase ao público interno e expansão do ensino à distância. O processo também abarca o aperfeiçoamento das normas internas.

Após o avanço das reflexões conjuntas, que estão sendo feitas com a participação de professores e servidores da Academia e será formalizada num Plano de Ação, assim como ocorreu com as unidades regionais do INPI, o Instituto publicará, ainda este ano, os editais de seleção para 2018.