Você está aqui: Página Inicial > Acesso à Informação > Currículos dos Ocupantes de Cargos de Direção e Assessoramento Superior

Currículos dos Ocupantes de Cargos de Direção e Assessoramento Superior

por CGCOM última modificação 09/11/2017 20h00

Com amparo na Manifestação nº 2, de 10 de dezembro de 2015, do Conselho de Transparência Pública e Combate à Corrupção, apresentamos a síntese do currículo dos ocupantes de cargos de direção e assessoramento superior, no mínimo, do Grupo-Direção e Assessoramento Superiores (DAS) de nível 4 ou equivalente, tendo em consideração o Quadro Demonstrativo de Cargos em Comissão e das Funções de Confiança do Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, constante do Anexo II do Decreto nº 8.854, de 22 de setembro de 2016:

 

Presidente

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.6)

Luiz Otávio Pimentel possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Faculdade de Direito de Cruz Alta (1984), mestrado em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina (1993) e Doutorado em Ciências Jurídicas, cursos na Universidade de Barcelona e tese na Universidade Nacional de Assunção (1999).

Pimentel tem experiência na área de direito e políticas públicas, transferência de tecnologia, propriedade industrial e inovação, com ampla produção acadêmica neste campo. Ele é professor da Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC e docente da Academia de Propriedade Intelectual, Inovação e Desenvolvimento do Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI, além de árbitro Ad Hoc do Tribunal Arbitral do Mercado Comum do Sul – Mercosul.

 

Assessora da Presidência

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 102.4)

Elizabeth Pereira Peixoto ingressou no Departamento Nacional da Propriedade Industrial – DNPI, em 1º de julho de 1966, como Agente Administrativo, exercendo o cargo de Secretária do Diretor Jurídico e posteriormente Secretária do Diretor Geral.

Com a criação do INPI, em dezembro de 1970, passou a exercer a função de Secretária Administrativa da Presidência. Posteriormente, em fevereiro de 1971, foi designada Ajudante do Gabinete da Presidência.

Elizabeth exerceu a função de Chefe de Gabinete Substituta nos períodos de dezembro de 1992 a novembro de 2005 e de setembro de 2015 a abril de 2016, sendo que em julho de 1992 foi nomeada Assessora da Presidência.

 

Chefe de Gabinete

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Ana Paula Gomes Pinto é Doutora (2017) e Mestre (2012) em Propriedade Intelectual e Inovação pelo INPI. Graduada em Direito pela Escola de Ciências Jurídicas e Políticas da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro – Unirio (2008).

Ana Paula também é advogada e pesquisadora em co-tutela de Doutorado da Faculty of Law da Maastricht University – The Netherlands, atualmente exercendo o cargo de Chefe de Gabinete da Presidência do INPI.

 

Diretor Executivo

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.5)

Mauro Sodré Maia graduou-se em Direito no ano de 1987 pela Universidade Cândido Mendes – UCAM, no Rio de Janeiro. É integrante da carreira de Procurador Federal desde janeiro de 1988. Exerceu, entre os anos de 1998 e 2003, a chefia da Divisão de Consultoria, e entre maio de 2004 e setembro de 2015, o cargo de Procurador-Chefe da Procuradoria Federal Especializada junto ao INPI. Especialista em Direito da Propriedade Intelectual, participou de diversos cursos promovidos pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual, pela Oficina Espanhola de Patentes e Marcas e pelo Instituto Nacional da Propriedade Industrial de Portugal. É coautor do livro "Propriedade Intelectual, Conceitos e Procedimentos", editado no ano de 2011 pela Escola da Advocacia-Geral da União. Assumiu a Vice-Presidência do INPI em setembro de 2015, e, na atual estrutura, ocupa, desde novembro de 2016, o cargo de Diretor Executivo.

 

Assessor da Diretoria Executiva

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 102.4)

Felipe de Souza Couto é formado em Marketing pela Universidade Estácio de Sá de Salvador – BA, com proficiência em inglês obtida junto ao Dublin Cultural Institute, em Dublin, Irlanda.

Felipe Couto atuou como Operador de Gravação, Diretor de Programação e Produtor na Rádio 105,2 FM de São José do Rio Preto – SP; Operador de Caracteres, Operador de VT e Produtor na Rede Record de Televisão de São José do Rio Preto; Assessor Parlamentar do Deputado Federal Márcio Marinho; Agente Publicitário de Assistente de Inteligência de Mercado, Assistente de Planejamento e Mídia, e Analista de Pesquisa na Rede Record de Televisão do Rio de Janeiro – RJ.

 

Coordenador-Geral de Planejamento e Gestão Estratégica

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Pedro Areas Burlandy possui graduação em Física pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ e mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – COPPE/UFRJ.

Pedro é servidor da carreira de Tecnologista em Propriedade Industrial, tendo ingressado no INPI em 1998. Ocupou diferentes cargos e funções gerenciais no Instituto, incluindo o de Chefe de Gabinete da Presidência Substituto, Chefe do Centro de Defesa da Propriedade Intelectual, Coordenador-Geral de Planejamento e Orçamento. Em 2017, foi designado Diretor-Executivo Substituto.

 

Coordenador-Geral de Tecnologia da Informação (em exercício)

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Aldo Fernandes Ávila é graduado em Tecnologia de Processamento de Dados e Análise de Sistemas, com especialização em Desenvolvimento Gerencial pela Escola Nacional de Administração Pública – Enap e em Gerência de Tecnologia em Computação pela Universidade Federal Fluminense – UFF.

Já autuou no INPI como Chefe Substituto da Divisão de Modernização e Informática, Chefe Substituto do Serviço de Comunicação Administrativa, Chefe do Serviço de Obras e Manutenção Predial, Chefe do Serviço de Patrimônio, Coordenador de Sistemas de Informação e Administração de Dados, e Coordenador de Infraestrutura, Suporte e Segurança da Informação.

 

Coordenador-Geral de Qualidade

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Saulo da Costa Carvalho possui graduação em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e em Fisioterapia pela Faculdade de Reabilitação da Associação de Solidariedade à Criança Excepcional, com especialização em Direito Processual Civil pela Escola de Magistratura do Estado do Rio de Janeiro – EMERJ e MBA em Propriedade Intelectual pela Fundação Getúlio Vargas – FGV.

Saulo da Costa é Tecnologista em Propriedade Industrial desde julho de 1998 e atuou como Presidente da Associação dos Funcionários do INPI – AFINPI nos períodos de 2008 a 2010 e de 2012 a 2016.

 

Chefe da Assessoria de Assuntos Econômicos

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Marina Filgueiras Jorge se graduou em Ciências Econômicas (2004) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, instituição em que concluiu o Mestrado em Ciências Econômicas (2007).

Antes de ingressar no INPI, Marina trabalhou no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada por cerca de 2 anos.

 

Ouvidor

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Marcos Ferreira dos Santos Jaron é graduado em Administração de Empresas pela Fundação Educacional Serra dos Órgãos. Atuou como Diretor de Desenvolvimento Rural do Município de Teresópolis – RJ entre os anos de 2005 e 2006; Assessor Especial do Gabinete do Secretário Estadual de Transportes do Rio de Janeiro, entre 2009 e 2010; Secretário Municipal do Trabalho e Emprego de Teresópolis de 2010 a 2011; Relações Institucionais de Trabalho e Coordenador do Fórum Estadual dos Secretários de Trabalho pela Secretaria de Estado de Trabalho e Renda do Rio de Janeiro nos anos de 2011 e 2012; e Coordenador de Inserção Profissional nas UPPs pelo Município do Rio de Janeiro em 2013 e 2014.

Marcos Jaron é membro da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra – Adesg e formado em Gestão de Recursos Públicos pelo Sebrae, tendo sido considerado, durante sua gestão, um dos mais atuantes Secretários do Trabalho do Estado do Rio de Janeiro.

 

Procurador-Chefe

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.5)

Loris Baena Cunha Neto é Procurador Federal, graduado e mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina, com título de Master of Laws in International Law, Investments and Trade obtido junto à Universidade de Heidelberg.

Loris atuou como Professor Substituto nas disciplinas de Direito Constitucional II, Teoria Constitucional e Direito Internacional Público na Universidade Federal de Santa Catarina de julho de 2006 a dezembro de 2007; e Coordenador de Consultoria em Propriedade Intelectual de julho de 2012 a novembro de 2015, até assumir o cargo de Procurador-Chefe do Instituto Nacional da Propriedade Industrial, em novembro de 2015.

 

Coordenador-Geral Jurídico de Propriedade Industrial

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Daniel Junqueira de Souza Tostes, Procurador Federal desde dezembro de 2004, fez estágio oficial na Procuradoria Regional da República da 2ª Região durante 2 anos.

Formado no curso de Direito pela Universidade Federal Fluminense – UFF, Daniel fala inglês fluentemente, além de ter ocupado cargos como Coordenador de Previdência e Assistência Social da Procuradoria Seccional Federal, Coordenador para Assuntos de Contencioso da Procuradoria Federal, Coordenador da Matéria Finalística da Procuradoria-Regional Federal da 2ª Região e Coordenador de Assessoramento e Consultoria em matéria de Propriedade Industrial.

 

Coordenador-Geral de Matéria Administrativa

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Eduardo Marcelo de Lima Sales

 

Coordenador-Geral de Contencioso

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Antonio Cavaliere Gomes

 

Auditor-Chefe

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Carlos Henrique de Castro Ribeiro possui Bacharelado em Ciências Contábeis, Licenciatura em Contabilidade e em Administração e Especialização em Gestão Pública e Controle Externo. É integrante da carreira de Finanças e Controle desde 2001, após ingresso mediante concurso público na Secretaria do Tesouro Nacional.

Como Auditor Federal de Finanças e Controle do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União – CGU, atuou na Regional da CGU fluminense a partir de maio de 2002, onde exerceu a supervisão do Núcleo de Ações de Controle da Área Econômica e de Recursos e Externos, entre julho de 2005 e agosto de 2009, e a Chefia Adjunta da Regional, no período entre de agosto de 2009 e abril de 2013, ocasião em que passou a atuar no Núcleo de Ações de Prevenção da Corrupção. Carlos Henrique de Castro Ribeiro foi Auditor Interno do Banco do Estado do Rio de Janeiro (entre 1993 e 1998), do Banco Itaú (1998) e da Associação Brasileira dos Bancos Estaduais e Regionais (entre 1998 e 2001). Está cedido ao INPI desde julho de 2016.

 

Corregedora

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.4)

Daniele Michel Soares Neves é Doutora em Políticas Públicas, Estratégia e Desenvolvimento pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ e mestre em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas – FGV.

Exerce desde abril de 2012 o cargo de Corregedora do INPI, chefiando a unidade seccional responsável pelas atividades de prevenção e apuração de irregularidades no âmbito do Instituto, por meio da instauração e condução de procedimentos disciplinares, inclusive pelas ações de responsabilização administrativa de pessoas jurídicas.

 

Diretor de Administração

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.5)

Jorge Maximiano dos Santos é contabilista desde 1982, com ampla experiência na área de Administração Pública. Ingressou no serviço público federal em 1985, na antiga Escola Técnica Federal de Química, hoje Instituto Federal do Rio de Janeiro, Autarquia ligada ao Ministério da Educação, na qual, de 1992 a 2014, exerceu os cargos de Coordenador-Geral de Contabilidade, Coordenador-Geral de Execução Financeira e Orçamentária, Diretor de Administração Geral, Gerente de Administração e Manutenção, Diretor de Administração e Planejamento e Pró-reitor de Administração, Planejamento e Desenvolvimento Institucional.

Elegeu-se representante do segmento técnico administrativo no Conselho Superior do Instituto Federal do Rio de Janeiro para o biênio de 2012 a 2014. Foi instrutor no curso de MBA de Gestão Hospitalar na Universidade da Força Aérea/RJ – UNIFA, lecionando sobre a Lei de Responsabilidade Fiscal, Orçamento Público e Execução Financeira e Orçamentária.  

Em 2015, foi para o Ministério da Justiça, convidado a assumir, no Rio de Janeiro, a representação da Diretoria de Administração da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos – SESGE, na qual atuou no planejamento da segurança dos Jogos Olímpicos de 2016. Em maio de 2017, ingressou no INPI como Coordenador-Geral de Logística e Infraestrutura – CGLI e, atualmente, é Diretor de Administração.

 

Coordenador-Geral de Recursos Humanos

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Coordenador-Geral de Recursos Humanos

 

Coordenadora-Geral de Logística e Infraestrutura (em exercício)

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Fernanda de Matos Sepúlveda

 

Coordenadora-Geral de Orçamento e Finanças

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Katia Cristina Pinheiro Lima tem formação em Direito pela Sociedade de Ensino Superior e Cultura, sendo pós-graduada em Direito do Trabalho.

É servidora do INPI desde 1987 e já ocupou diversos cargos no Instituto. Antes de ocupar a Coordenação-Geral de Orçamento e Finanças, Katia foi Coordenadora de Finanças e Chefe da Seção de Execução Financeira.

 

Diretor de Patentes, Programas de Computador e Topografias de Circuitos Integrados

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.5)

Júlio César Castelo Branco Reis Moreira é graduado em Engenharia Química pela Universidade Federal da Bahia (1990), mestre em Ciências e Engenharia de Petróleo pela Universidade Estadual de Campinas (1993) e Doutor em Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2006). Desde 1998 é Pesquisador em Propriedade Industrial do INPI e desde junho de 2011 vem atuando como Diretor de Patentes do INPI.

Possui experiência em Propriedade Intelectual, especificamente na área de patentes e em Engenharia de Petróleo, tendo atuado como pesquisador autônomo no Centro de Pesquisas da Petrobras – CENPES, principalmente nos seguintes temas: modelagem termodinâmica, depósitos orgânicos e equilíbrio de fases. Sua meta na Diretoria de Patentes é garantir um trabalho com qualidade e eficiência, possibilitando a concessão de títulos com alta segurança jurídica.

 

Coordenadora-Geral de Patentes I

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Liane Elizabeth Caldeira Lage é graduada em Engenharia Química pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG e possui mestrado e Doutorado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ.

Liane ainda exerce a função Diretora Substituta de Patentes do INPI desde 2011, tendo assumido o cargo de Chefe da Divisão de Química Orgânica da Diretoria de Patentes, de 1998 a 2011.

 

Coordenadora-Geral de Patentes II

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Claudia Santos Magioli é responsável pelas áreas de Biotecnologia, Agroquímica, Alimentos e Cosméticos do INPI. É graduada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e possui Mestrado e Doutorado em Genética pela mesma Universidade, com experiência na área de Genética e Biologia Molecular Vegetal, especificamente transformação genética e regulação da expressão gênica de plantas.

Atuou como professora visitante no Departamento de Genética e Biologia Celular da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e no Departamento de Genética da Universidade Federal do Rio de Janeiro de 2000 a 2004. Desde 2004 atua como examinadora de patentes do INPI, participando também como instrutora nos cursos de disseminação da propriedade industrial oferecidos pelo INPI. Atualmente representa o Instituto em diversos fóruns de discussão junto ao Governo Federal, como a Rede Brasileira de Centros de Recursos Biológicos – Rede CRB-Br e o Comitê Nacional de Biotecnologia.

 

Coordenadora-Geral de Patentes III

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Vagner Luis Latsch possui graduação em Engenharia Elétrica, com ênfase em Eletrônica, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, mestrado e Doutorado em Engenharia Elétrica pelo Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia, na área de processamento de sinais. Atua nas áreas de eletrônica e telecomunicações, com experiência particular em Processamento de Sinais e na codificação, síntese e reconhecimento de sinais de fala.

Vagner exerceu as funções de Substituto do Coordenador-Geral de Patentes III do INPI de novembro de 2013 a janeiro de 2016; e de Assistente da Diretoria de Patentes do Instituto de agosto de 2011 a setembro de 2015.

 

Coordenadora-Geral de Patentes IV

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Carlos Alberto Maier Hage é graduado em Engenharia Mecânica pela Universidade Católica de Petrópolis e possui Curso de Especialização em Propriedade Industrial ministrado pela Organização Mundial da Propriedade Intelectual.

Carlos Hage é Pesquisador em Propriedade Industrial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial desde 1980, onde exerceu a chefia da Divisão de Patentes de Mecânica nos períodos de dezembro de 1985 a abril de 1991 e de abril de 1995 a fevereiro de 2005, e vem atuando como Coordenador-Geral de Patentes IV desde fevereiro de 2005.

 

Coordenadora-Geral do Tratado de Cooperação em Matéria de Patentes

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Cátia Regina Pinho Gentil da Silva fez mestrado na Universidade Robert Schuman de Estrasburgo, França, na área de direito comercial e internacional, especificamente em propriedade intelectual e acordos internacionais. Engenheira Metalúrgica e Advogada. Cátia é Pesquisadora em Propriedade Industrial na área de metalurgia desde 1978.

Já exerceu o cargo de Coordenadora de Recurso e Nulidade Administrativa na Diretoria de Patentes, nas áreas de civil, elétrica, eletrônica, física, mecânica e telecomunicações, no período de 2006 a 2010.

 

Coordenador-Geral de Estudos, Projetos e Disseminação de Informações Tecnológica

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Alexandre Lopes Lourenço é graduado em Farmácia e em Bioquímica pela Universidade do Grande Rio, possui mestrado em Ciências Biológicas, com ênfase em Farmacologia e Terapêutica Experimental, e Doutorado em Ciências (Farmacologia) pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. É diplomado em Política e Estratégia pela Escola Superior de Guerra.

Alexandre tem experiência na produção de medicamentos, pesquisa e desenvolvimento de novos produtos para saúde, propriedade industrial, inteligência competitiva e prospecção tecnológica.

 

Diretor de Marcas, Desenhos Industriais e Indicações Geográficas

(CÓDIGO DA FUNÇÃO DAS 101.5)

André Luis Balloussier Ancora da Luz, Procurador Federal, formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ em 1983, ingressou no INPI em 1984, já como Procurador na Procuradoria da Autarquia, na qual, ao longo dos anos, ocupou todos os cargos dentro da estrutura do órgão jurídico, tanto na área do contencioso, entre 1984 e 2009, como da consultoria, daquele ano até janeiro de 2017, tendo exercido inclusive o cargo de Procurador-Geral do INPI, na primeira metade da década de 90.

 

Coordenadora-Geral de Marcas I

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Leila Silva Campos é bacharel em Direito pela Universidade Cândido Mendes – UCAM, com MBA em Direito da Propriedade Intelectual da Fundação Getúlio Vargas e mestrado em Direito Econômico e Desenvolvimento da UCAM.

Leila Campos é Tecnologista em Propriedade Industrial do Instituto Nacional da Propriedade Industrial desde 1998 e atuou como Coordenadora Substituta da Coordenação Técnica de Recursos e Nulidades Administrativas de Marcas de 2005 a 2010; Chefe de Divisão Substituta da Divisão de Marcas, de 2010 a 2011; Chefe de Divisão de Desenho Industrial, Contrato de Transferência de Tecnologia e Outros Registros, em 2011; Coordenadora-Geral Substituta da Coordenação-Geral de Recursos e Nulidades Administrativas, em 2011; e atualmente exerce o cargo de Coordenadora-Geral de Marcas I e Diretora Substituta de Marcas, desde 2016.

 

Coordenador-Geral de Marcas II

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Schmuell Lopes Cantanhede

 

Coordenador-Geral de Marcas, Indicações Geográficas e Desenhos Industriais

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Marcelo Luiz Soares Pereira

 

Coordenador-Geral de Contratos de Tecnologia

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Dirceu Yoshikazu Teruya é graduado em Economia pela Universidade Federal do Paraná. Antes de ingressar no INPI como Pesquisador em Propriedade Industrial, exerceu o cargo de Analista em Ciência e Tecnologia perante o Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico.

 

Coordenador-Geral de Recursos e Processos Administrativos de Nulidade

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Gerson da Costa Corrêa é Procurador Federal, com formação em Direito pela Faculdade Brasileira de Ciências Jurídicas e pós-graduação em Gestão pela Qualidade Total pela Universidade Estácio de Sá e em Direito de Propriedade Intelectual pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro – PUC/RJ.

Gerson Corrêa atua como Coordenador-Geral de Recursos e Processos Administrativos de Nulidade desde dezembro de 2010, tendo exercido as funções de Advogado Especialista de Nível Superior na Procuradoria Federal do Instituto Nacional da Propriedade Industrial de 1992 a maio de 2003; Coordenador da Comissão de Assessoramento Jurídico ao Presidente do INPI de maio de 2003 a abril de 2005; Chefe da Divisão de Recursos e Processos Administrativos de Nulidade da Procuradoria Federal do INPI de abril de 2005 a novembro de 2010.

 

Coordenador-Geral de Disseminação para Inovação (em exercício)

(CÓDIGO DA FUNÇÃO FCPE 101.4)

Felipe Augusto Melo de Oliveira é mestre em Engenharia Oceânica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ, possui MBA em Gestão Pública pela Universidade Cândido Mendes – UCAM, tendo se graduado em Engenharia Civil pela UFRJ.

De 2009 a 2016, Felipe exerceu o cargo de Coordenador-Geral de Administração e Diretor de Administração Substituto, sendo responsável pela gestão de recursos logísticos, infraestrutura, patrimônio, administração predial, engenharia, aquisições e contratações, bem como pela elaboração e monitoramento de projetos estratégicos, indicadores de gestão e relatórios executivos para tomada de decisões.