Você está aqui: Página Inicial > Academia > Biblioteca > Teses

Teses

por Admin última modificação 26/02/2019 17h10

 

DISCENTE Turma TÍTULO DA TESE
1 Marcelo Rutowitsch Chimento 2013 INDICAÇÃO GEOGRÁFICA NA IMPRENSA: CENÁRIOS E DESAFIOS
2 Elaine Vianna Saraiva 2013 ESTRATÉGIAS DE USO DOS DADOS CONTIDOS NOS DOCUMENTOS DE MARCAS DO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL DO BRASIL.
3 Ana Paula Gomes Pinto 2013 PATENTES E MUDANÇAS CLIMÁTICAS: UM ESTUDO SOBRE AS POLÍTICAS PÚBLICAS PRIORITÁRIAS DE TECNOLOGIAS AMBIENTAIS NO INSTITUTO NACIONAL DA PROPRIEDADE INDUSTRIAL (INPI) E NO ESCRITÓRIO EUROPEU DE PATENTES (EPO).
4 Eliciana Selvina Ferreira Mendes Vieira 2013 PAPEL DOS NÚCLEOS DE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA (NIT) A PARTIR DA VISÃO DE COMUNIDADES UNIVERSITÁRIAS SELECIONADAS NA CIDADE DO RIO DE JANEIRO.
5 Cecília Anita Hasner Domjan 2013 AVANÇOS TECNOLÓGICOS NO PADRÃO DE PRODUÇÃO DE MUDAS DE CANA-DE-AÇÚCAR NO PERÍODO DE 2000 A 2016.
6 Elisângela Santos da Silva 2014 A COOPERAÇÃO TÉCNICA EM MARCAS NO PROJETO PROSUR ENTRE PAÍSES SUL-AMERICANOS NO PERÍODO DE 2014 A 2016.
7 Fernando Previdi Motta 2014 DA FUNÇÃO DISTINTIVA DO NOME COMERCIAL.
8 Thais Talita Ferreira Soares 2015 ESTRATÉGIAS PARA GERAÇÃO DE INOVAÇÕES FARMACÊUTICAS PARA TUBERCULOSE NO BRASIL. 
9 Graciosa Rainha Moreira 2013 AS INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS BRASILEIRAS E SUAS NOMINAÇÕES: UMA DISCUSSÃO SOB A PERSPECTIVA DOS NOMES GEOGRÁFICOS.
10 Mônica Christina Rodrigues Morgado 2013 O USO DA MARCA REGISTRADA - CADUCIDADE DO REGISTRO.
11 Renato Dolabella Melo 2013 OS CRITÉRIOS DE CONCESSÃO E USO DE INDICAÇÕES GEOGRÁFICAS SOB A ÓTICA DO DIREITO DA REGULAÇÃO E DA CONCORRÊNCIA.
12 Daniele Hervè Quaranta Cabral 2014 A INDICAÇÃO GEOGRÁFICA NO SEGMENTO DE QUEIJO ARTESANAL NO BRASIL E NA FRANÇA: ESTUDO DE CASO DA IP CANASTRA E AOP CAMEMBERT DE NORMANDIE. 
13 Rogério Cintra Pereira 2013 A INSERÇÃO DA REIVINDICAÇÃO DE GÊNERO NO SISTEMA DE PATENTES E SEU DESDOBRAMENTO PROEMINENTE: O INVENTO DE SELEÇÃO. 
14 Mariana Paes da Fonseca Maia 2015 A GESTÃO E A GOVERNANÇA DO CONHECIMENTO EM SISTEMAS REGIONAIS DE INOVAÇÃO: O CASO DA ZONA DA MATA MINEIRA SOB A ÓTICA DAS INSTITUIÇÕES.